quinta-feira, 25 de maio de 2006

Uma obra, um conselho e uma lição...
"As pessoas a quem devotei o mais terno amor repousam na sepultura, mas, embora a felicidade e o encanto da minha vida lá estejam sepultados também, não transformei o coração num caixão onde encerrei para sempre os meus melhores afectos. O sofrimento profundo serviu apenas para os fortalecer e refinar."
Charles Dickens, in Oliver Twist

2 comentários:

Nós por cá disse...

Sónia,
Para quem está prestes a entrar numa maratona de exames este texto não deixa transparecer um ar de tranquilidade e esperança que julgaria indispensável face às circunstâncias.
A melhor sorte do mundo para ti nesta recta final.
Já só falta um!

Sónia Monteiro disse...

Um sincero obrigado!!!