domingo, 19 de fevereiro de 2006

Depois dos EUA, Reino Unido, Alemanha e muitos outros países europeus, Portugal também já se solidarizou com o Estado dinamarquês, só que não pela pessoa [de direito] do Ministro dos Negócios Estrangeiros…

Ribeiro e Castro, presidente do CDS, deslocou-se à embaixada da Dinamarca para entregar uma carta de solidariedade.

4 comentários:

Pestana disse...

olha um á procura de protagonismo...

de la Serna disse...

Será que algum dia o terá? Para bem de Portugal espero que não...

Hugo Torres disse...

As solidariedades rápidas e impensadas são hipocrisia... [ler com vontade de criança a explicar que vais fazer asneiras]
Mais ou menos coxa, a posição base de Freitas do Amaral é a mais indicada. Vêem. Se deixarem de olhar para o umbigo.

Anónimo disse...

Afinal está vivo! Tens de ter em conta que fica mais próximo de Bruxelas!
Ou eu me engano muito ou esta ida do Portas para a Sic Notícias é prelúdio de nova liderança dos cristãos democratas,aliás, democratas cristãos.

NAP